Pages

Subscribe:

terça-feira, 27 de julho de 2010

Estudo de Fachada - Igreja Evangélica

Trata-se de uma sala comercial que será destinada para ser uma igreja evangélica, e com isso pede-se uma fachada  moderna atrativa.
Antes
Antes


Trabalhou-se com vidros, para melhor aproveitamento da iluminação da fachada, pois internamente não há aberturas. Para dar movimento foi empregado um pilar com uma laje em balanço revestida com filetes de pedras. A fachada ganhou duas entradas, a central pela igreja e do lado esquerdo a entrada direta ao escritório do pastor. Que atende os irmãos neste escritório além do horario do funcionamento da igreja.


Depois
Depois
Do lado direito da fachada, onde está localizada a caixa de entrada de luz, trabalhou-se com um jardim e com um fechamento de vidro, assim evitando-se o contato direto com a mesma, funciona como uma porta, para poder-se cuidar das plantas e ter o acesso restrito a caixa de entrada de energia.
Foi empregado também, iluminação LED na fachada, oferecendo assim maior economia de energia e destaque no volume dos elementos da fachada.
Além do estudo na nova fachada, foi solicitado o projeto do escritório do pastor. No qual foi implantado a sala da recepção, um lavabo e o escritório com acesso direto à igreja.



Carmelina Suquerê

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Salas Comerciais

Partido Arquitetônico:

Por se tratar de um terreno de esquina, pode-se trabalhar com duas fachadas independentes, pois o cliente solicitou que as salas do térreo não possuísse qualquer integração com as salas do pavimento superior, com isso trabalhei com volumes, teto jardim, filetes de pedras para fazer o movimento na fachada frontal. E para melhor conforto térmico, uma fonte de água com cascata para refrescar o ambiente.

Na Fachada Lateral, foi pensado em uma simetria nas janelas com o emprego de requadros que avançam o limite da edificação, pilares revestidos com filetes de pedras e o acesso ao pavimento superior com uma porta de vidro, assim como uma escada que recebe um jardim com fechamento com vidros, aproveitando assim toda iluminação natural que esta fachada oferece e transmitindo internamente na edificação.


O projeto possui acessibilidade interna e urbana. Trazendo assim, o portador de necessidades especiais maior conforto e acesso ao ambiente projetado.

Carmelina Suquerê

segunda-feira, 19 de julho de 2010

GREEN BOX -Casa-Jardim sustentável do Futuro

O arquiteto Luis de Garrido apresentou na Feira Internacional de Construçõa de Barcelona (Espanha) o projeto de uma casa ecológica de 200 m²desmontável, transportável e com um teto-jardim onde o dono pode passear e cultivar plantas para o consumo doméstico. A casa, chamada de Green Box, tem consumo de energia zero e não gera resíduos durante a construção.
Além de seu caráter totalmente ecológico, a casa é muito econômica. Sua construção custa metade da construção de uma casa convencional, aproximadamente 550 euros/m2, pelo que poderá ser convertida num modelo construtivo para o novo sistema social e econômico.

A casa tem um consumo energético zero de energias convencionais, e se auto-regula termicamente devido ao seu desenho bioclimático, e ao seu ótimo aproveitamento de energia geotérmica e solar. Do mesmo modo, o desenho e construção da casa foi realizado com o objetivo de reduzir ao máximo seu consumo energético, tanto no processo de construção, como no processo de desmontagem.

Todos os componentes da casa foram desenhados de forma modular para serem montados “a seco”. Desse modo, tanto na construção quanto na desmontagem não gera nenhum resíduo, e todas as peças poderão ser novamente reutilizadas.
Sua estrutura foi realizada com painéis pré-moldados em concreto armado, painéis estruturados de madeira e concreto e painéis metálicos. Todos eles com o objetivo de representar, num mesmo edifício, o três sistemas mais adequados de construção modular pré-fabricada (metal, madeira e concreto).
Com cobertura ajardinada inclinada e o jardim vertical. compostos a base de espécies vegetais nativas do mediterrâneo, o que assegura que necessitem de mínima água (neste caso chuva), e que sua beleza seja permanente, todos os dias do ano. Conseqüentemente não necessitam de manutenção. cobertura ajardinada inclinada permite que a casa se integre à qualquer entorno, já que se estabelece como prolongação do solo circundante. Assim como, o jardim vertical, reconhecido como ícone da casa. Este jardim vertical se encontra no pátio interior.
Mais uma idéia criativa aplicada na arquitetura o uso de tecnologias e sistemas construtivos voltadas à sustentabilidade.

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Onde encontrar produtos sustentáveis?

http://www.catalogosustentavel.com.br/

Projetos Inteligentes

Quanto o Arquiteto pode contribuir com o Planeta?
Muiiito!!!
Escolha de materiais, aproveitamento das condiçoes naturais, como sol, ventos predominantes, eficiencia na utilização da água, como aplicação do reúso..dentre outros.
A indicação destas escolhas ao cliente é fundamental...É preciso conheçer o que existe de mais sustentável em relação ao piso, esquadrias...Veremos aqui, exemplos louváveis de projetos sustentáveis que estão sendo utilizados por arquitetos.

Casa Eficiente

A minha paixão primeiramente foi a Casa Eficiente da LABEE..
A ELETROSUL - Centrais Elétricas S.A. e a ELETROBRÁS - Centrais Elétricas Brasileiras S.A., através do PROCEL - Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica, em busca de soluções inovadoras e eficientes no âmbito da construção civil, visando o uso racional de energia, criaram, em parceria com a UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina / LABEEE - Laboratório de Eficiência Energética em Edificações, um projeto de uma residência unifamiliar eficiente.
Link do site: http://www.eletrosul.gov.br/casaeficiente/br/home/conteudo.php?cd=8
Onde aprovetou-se tudo. Em meio a um clima frio, de Santa Catarina, utilizaram paredes "sanduiches"para melhor conforto térmico onde Junto com a inércia térmica das paredes, ocorre um traso térmico nas temperaturas internas em relação ao ambiente externo.
Empregou-se materiais locais, reutilização das àguas servidas( lavatorio e chuveiro) e das águas pluviais. Asssim como tratamento das mesmas.
Isto é, um "Projeto Inteligente" onde com certeza esta preparada para o futuro, futuro este onde a àgua tornar-se -à mais escassa, a energia ainda mais cara...Portanto a utilização eficiente destes recursos naturais é imprescindível nos dias atuais.
The Village Energy & Life 

Localizada em Portugal, constitui-se em um condomínio inteligente onde o Mordomo Virtual, associado a uma empresa que assegura toda a manutenção da urbanização, permite potenciar a tecnologia existente, facilitando a vivência dos seus habitantes através de um grande número de funções, ou externamente, através da Internet. Cada habitação dispõe de um cartão magnético que lhe permite efetuar compras online e aceder a serviços médicos, de catering, farmácia, limpeza, lavandaria, veterinário, mecânica e a actividades como golfe e hipismo. Vida mais cómoda e mais tempo para si.
Um sistema digital de Gestão Integral da Habitação que permite controlar a moradia quer no interior quer a partir do exterior. Possibilidades imensas centralizadas numa consola situada no hall de entrada. É a partir daqui que é possível gerir e configurar os vários servidores que controlam a intensidade da luz, as cortinas e blackouts, os equipamentos energéticos, as condições de segurança e todo o tipo de electrodomésticos que possam estar em rede. Este sistema inteligente tem por base um portal de Intranet e Internet, conectado por rede de fibra óptica à rede PT, com uma banda larga de 100 Mb em cada moradia.




A identificação de matrículas é automática. Em alternativa, poderá accionar as cancelas através do seu Cartão The Village Energy & Life.
Para uma segurança total, cada moradia dispõe de câmara de detecção de incêndios, detectores de inundação, humidade, e de monóxido de carbono.
Nada mais é do que a utilização da Automação Residencial, em um condominio fechado, promovendo o uso eficiente de seus serviços e equipamentos, condominio este construído dentro de um parque porém, totalmente inserido ao meio ambiente.

DICAS SUSTENTÁVEIS

Consumo eficiente da água



Sistemas Hidráulicos

Para redução e controle do consumo de água foram especificados sistemas hidráulicos de baixa vazão como:

  • Válvula de descarga duplo fluxo


O sistema escolhido possui dispositivo de fluxo duplo, 6 litros para sólidos e 3 litros para líquidos, possibilitando controle de fluxo com economia.

  • Torneira economizadora com sensor de presença


Ideal para uso público, os dispositivos com sensor de prese
nça garantem ,além de conforto e higiene, o controle e a diminuição do consumo de água. Gastam metade do volume das torneiras tradicionais e funcionam com baixo consumo de energia.


Esgoto a Vácuo








Convém empregar em edificações com unidades consumidoras maiores, como edifícios comerciais, residenciais, condomínios multifamiliares onde existam grandes populações.Economiza-se cerca de 95% de água, pois ao invés de utilizar-se água potável para encaminhar os dejetos pela tubulação ao sistema de esgoto, utiliza-se o vácuo. Traves de uma bomba


. Deste modo o sistema se adapta ao perfil natural do terreno, utilizando para isso valas estreitas de pouca profundidade e tubulações de pequeno diâmetro.




Por isso, o sistema de canalização a vácuo combina baixo custo de construção em situações adversas e proteção do meio ambiente com alta confiabilidade.
Link do site: http://www.pvac.com.br/

Ecomosaico
Material reciclado que utiliza o resíduo eliminado pelas máquinas de corte de marmorarias: uma mistura de água e pó de pedra . Essa água residual é tratada e volta para a área de produção para ser reutilizada.




Eficiência Energética
Uso de LEDS



Ainda no marcado brasileiro, apresentam preços significativos se comparado às convencionais, porém, para jardins, decorações, fachadas são ideais. 
Vantagens
Ecologicamente correta: Não utiliza mercúrio ou qualquer outro elemento que cause dano à natureza
Ausência de ultravioleta: Não emite radiação ultravioleta, ideal para obras de arte, quadros.
Ausência de Infra-vermelho: Fazendo com que o feixe luminoso seja frio, não emite calor, voce pode trabalhar com esta iluminação o dia todo que ela não irá interferir na pele.
Uma lâmpada incandescente converte em luz apenas 5% da energia elétrica que consome. As lâmpadas LED convertem até 40%. Essa diminuição no desperdício de energia traz benefícios evidentes ao meio ambiente.
Enquanto uma lâmpada comum tem vida útil de 1.000 horas e uma fluorescente de 10.000 horas, a LED rende entre 20.000 e 100.000 horas de uso ininterrupto.



sexta-feira, 2 de julho de 2010

O que é uma Casa Inteligente?

Uma casa inteligente, é aquela que oferece não apenas conforto e facilidade ao usuário, mas também que seja eficiente. Onde através deste controle possa gerar economia no consumo na demanda da Residência, da edificação. Seja ela unifamiliar, multifamiliar, ou edifícios.
Tudo que é controlado gera economia, seja em energia elétrica, distribuição de água, a Automação Residencial atua não somente como integradora de dispositivos tecnológicos independentes, mas também como o controle operacional da residência, pode-se controlar o nível de água do reservatório, programar a irrigação do jardim, controlar a iluminação das lâmpadas com a dimerização é possível se obter um ganho significativo no que se refere a economia.
A automação atua como gerenciadora, controladora de gastos, uma ferramenta. Para tornar-se inteligente, é necessário pensar nos diversos fatores envolventes antes da concepção do projeto, seja na escolha do terreno, incidências solares, ventos predominantes, projeto arquitetônico, na escolha do sistema construtivo, elementos arquitetônicos e materiais, o seu gerenciamento pela automação residencial, gerando assim, uma nova visão ao projetar, onde o projeto deve possibilitar a incorporação das condicionantes, proporcionando assim flexibilidade, conforto e economia ao usuário final.

Carmelina Suquerê

Obrigada pela visita!

Carmelina Suquerê